segunda-feira, 29 de agosto de 2011


Ricardo Gomes deixa o gramado em ambulância “comum” no Rio, passa por cirurgia de mais de 3 horas, segue internado em estado grave e – com 70% do cérebro afetado – respira com ajuda de aparelhos em coma induzido

PUBLICAÇÃO: 29.08.2011


ATUALIZADO NESTA segunda-feira, 29 de agosto.

Continua grave o estado de saúde de Ricardo Gomes.

O treinador do Vasco da Gama está internado no Hospital Pasteur no Rio de Janeiro e respira com ajuda de aparelhos.

Segundo informações do médico e comentarista do Terceiro Tempo da TV Bandeirantes, Dr. Osmar de Oliveira, Ricardo Gomes sofreu um Acidente Vascular Encefálico com hemorragia e teve de ser submetido a uma intervenção cirúrgica que durou mais de 3 horas.
“O AVC poderia ser isquêmico ou hemorrágico. A notícia é desagradável. O isquêmico seria menos grave. Mas ele teve um acidente vascular hemorrágico, o crânio dele vai ser aberto. O quadro do Ricardo, infelizmente, é muito grave.”

Ainda, de acordo com Dr. Osmar de Oliveira, o treinador está com praticamente todo o cérebro afetado.

“Eu não estou aqui para fazer sensacionalismo médico. Infelizmente, a tomografia que foi feita acusou que o Ricardo Gomes teve 70% da área do seu cérebro tomada por essa hemorragia.”

As próximas 72 horas definirão o quadro clínico do ex-jogador.
Ricardo Gomes que, passou mal no clássico entre Flamengo e Vasco da Gama e deixou o gramado de ambulância com crises de desmaio e confusão mental, pode sofrer sequelas e segue em estado grave.

“Eu conversei com pelo menos 3 colegas do Rio de Janeiro. Uma das reclamações era que a ambulancia era comum, apenas, para carregar paciente. Essa ambulância tinha que ser, pelo menos, de UTI. Podia ser quem fosse. A ambulância não tinha nada. Só uma maca.”

Durante sua passagem pelo São Paulo, o ex-jogador da Seleção Brasileira passou por um problema semelhante.

video


FONTE: BLOG DE MILTON NEVES